Nier Araújo confirma seu afastamento do PTB de Abreu e Lima (PE)
06/03/2016 10:54 em Política

Na última semana o PTB em Abreu e Lima parece ter sido surpreendido, com uma postagem na Rede social “Facebook” dando o indicativo de que a legenda deverá caminhar, nas próximas eleições municipais, ao lado do PDT em Abreu e Lima, que é capitaneado pelo ex-prefeito Jerônimo,

Sabendo-se da postura e comportamento de Nier Araújo, que concorreu ao cargo de vereador nas últimas eleições municipais pela legenda (PTB), quase que de imediato começaram os contatos para saber do mesmo, que é pretenso candidato a vereador nas eleições 2016, como aconteceu à aproximação e como ficará sua participação política a partir de agora.

Nier Araújo foi taxativo ao afirmar que não foi surpreendido e que no ano passado, 2015, desfiliou-se do PTB. “Observei a possibilidade da aproximação do PTB de Abreu e Lima com o Jerônimo Gadelha, já em 2014, quando o ex-prefeito reunido com Armando Monteiro (PTB) e João Paulo (PT), anunciou seu apoio aos então candidatos ao Governo do Estado e ao Senado Federal. Fiquei logo de “orelha em pé” para a possibilidade”.

O pretenso candidato, no entanto, informou que não providenciou a imediata desfiliação do partido, o que ocorreu apenas em 2015: “2014 era ano eleitoral, eu já estava de fato afastado, tanto que não fui às ruas expressar meu apoio aos candidatos apoiados pelo PTB, reservei-me apenas ao exercício do voto, como todo cidadão. Em 2015, diante inclusive do cenário de incertezas pela possibilidade de fusão do PTB com o PPS, procurei a direção regional que pôde dar a seguinte garantia: “Tudo está incerto”. O recado foi suficiente e comecei a movimentação para retirar-me com tranquilidade, o que fiz ainda em 2015.

Disse ainda, Nier Araújo, que foi orientado a permanecer no PTB, para na legenda apoiar Dr. Marcos Siqueira a prefeito em Abreu e Lima: “Fui procurado por Mauro Bernardo, do Partido Comunista, fazendo a interlocução do filho de Dr. Marcos. A expectativa era de que o PTB ficasse com o grupo do Dr. Marcos e o seu filho seria um dos candidatos a vereador na legenda. Outra pessoa procurou-me e o próprio Marquinhos, mas a conversa não aconteceu, já havia definido minha saída”.

Nier Araújo lembra ainda que o que mais o motivou a sair da legenda foi a certeza de não desejar, nem pra ele nem pra ninguém, correr o risco de tornar-se refém político dentro de um partido, tendo que apoiar um candidato de característica diversa da sua. “É preciso que eu seja candidato a vereador em 2016 em Abreu e Lima; tenho minhas opiniões e propostas a apresentar a sociedade; reúno condições para ser um excelente nome a entrar na disputa, não posso dar-me ao luxo de correr este risco, de macular meu nome e igualar-me por baixo a outros nomes já saturados”, concluiu.

 

O prazo para filiação partidária, para quem deseja candidatar-se as eleições municipais em 2016 encerram-se em 02 de abril, seis meses antes das eleições, mesmo prazo para transferência entre legendas. Candidatos a prefeito e vereador só serão definidos em convenção partidária entre o final de julho e início de agosto. Já a campanha eleitoral este ano é mais curta, quarenta e cinco dias, iniciando em 16 de agosto.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!